Artigos,  Família

Você cria caso por qualquer coisa? Esse texto é para você!

Existem algumas pessoas que criam caso por qualquer coisa. Vocês conhecem alguém assim? Elas reclamam que não têm amigos, mas como poderão ter amigos se criam caso com tudo, inclusive com as pessoas que se aproximam? Choveu, está ruim, Deus não me ama. Não choveu, também está ruim. Deus também não me ama. Estou exagerando, mas é mais ou menos assim. Criam caso com tudo. Você liga, está perturbando. Você não liga, esqueceu dela. Quem conhece gente assim?

Tem pessoas que estão de mal com a vida. E com essas pessoas é muito difícil de se relacionar. Essas pessoas são aquelas que muitas vezes Deus coloca no seu caminho para lhe ensinar. Quando você notar uma pessoa assim muito perto de você, ore e peça: “Deus, me ensina logo todas as lições que o Senhor quer me ensinar”. Na hora que você aprender tudo que Ele quer ensinar, você libertará a vida dessa pessoa, que Deus colocou a seu lado, para ela mudar.

Muitas vezes nós caímos na armadilha do diabo, ou como aquele livro diz, na isca de Satanás. A isca atrai. Por exemplo, é muito fácil ser atraído pela busca dos próprios direitos. Mas o que Paulo nos ensina é que nós devemos seguir a paz no que depender de você ou de mim. Você pode chegar para mim e dizer: “Você fez isso errado”. Eu vou questionar: “Você acha que eu fiz?” Então, você responde: “Acho”. Mesmo não achando que eu tenha feito, mas se você acha que eu fiz, você vai ficar feliz se eu disser: “Me perdoa”. Seguir a paz é isso. Adianta discutir com uma pessoa que age dessa maneira? Você vai ficar disputando com ela sem chegar a nenhuma solução. Tome uma decisão na sua vida. Decida que você será um seguidor da paz.

Você pode estar se perguntando: E quando não depender de mim? A Bíblia diz que nesse caso, você está livre, mas, se depender de você, não crie caso. Se depender de você, feche a sua boca. Quantas vezes você não acerta a questão diretamente com o ofensor, mas leva a situação para que outros briguem por você? Isso é levantar contenda entre irmãos. E isso não é seguir a paz. Eu não faço, mas levo o outro a fazer. Isso acontece muito nos lares. As mulheres não vão direto aos maridos, mas usam os filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *