Como cultivar o amor durante anos de relacionamento?

Talvez você já tenha se perguntando “como cultivar o amor durante anos de relacionamento?”. O segredo é: semeie amor, crie um saldo positivo, pois assim sempre haverá créditos para superar uma decepção ou um desgaste.

Em relacionamentos em crise, as pessoas sempre dizem que o relacionamento está ruim porque não amam mais seu cônjuge, e isso acontece porque elas não construíram uma relação baseada em amor, não foram cultivadas sementes de amor. Quando o relacionamento se rompe é porque existe uma equação negativa, normalmente porque um lado está se doando mais que o outro, gerando um desequilíbrio emocional. Sem equilíbrio não há estabilidade, ou seja, não adianta só você se doar para seu cônjuge – isso não mantém um relacionamento. Ele também precisa se doar, precisa haver esse equilíbrio.

Podemos comparar a questão do relacionamento como um banco. Você tem um banco emocional, e nesse banco você pode fazer saques e depósitos. Quando você faz algo positivo para seu cônjuge, faz um depósito, gera um crédito; e quando você faz algo que o chateia muito, você faz um saque. Um exemplo: você sai e encontra um amigo, e esse amigo fala coisas boas pra você, te valoriza dizendo que é muito bom te ver, que você está muito bem e que você é importante na vida dele, e diz pra vocês marcarem uma saída para conversarem mais.

Então aquela pessoa em relação a você vai ter um crédito em seu banco de amor, porque ela te faz se sentir bem. Quando as pessoas te fazem se sentir bem significa que elas te amam independente do que você é e do que você fez, e com isso ele acumula pontos. Mas voltando ao nosso exemplo, digamos que na outra semana esse amigo pisa na bola com você, marca de te encontrar para jantar e não vai, e você fica irritado com ele. A amizade não acaba, porque ele tem créditos com você. Você diminui um crédito dele, mas o saldo não fica negativo, entendeu? O problema na família, no casamento, com seus filhos, é que vocês vão deixando a conta só no negativo, só no vermelho, não geram créditos.

Muitas vezes não entendemos a importância de um elogio, de um incentivo para criar um saldo positivo ou até mesmo uma poupança. Na área financeira o saldo negativo seria um problema fácil de resolver, porque dinheiro você consegue trabalhando, ou vende alguma coisa, e vai lá no banco, faz um depósito e cobre a conta. Agora gestos de amor não têm como, é muito difícil você recompensar coisas do passado. Por isso, quando a pessoa aceita Jesus, nasce de novo. É uma nova vida que começa ali, porque se um marido for pagar para a esposa tudo que ele deve durante anos de relacionamento ele jamais vai conseguir sair do prejuízo. Mas quando aceitamos Jesus como nosso Senhor e Salvador, Ele zera a nossa conta, elimina nossas dívidas.

10 Hábitos de Casais Felizes

Congresso-de-casais-33Pesquisas apontam que a felicidade no casamento depende de atitudes proativas. A maneira que você relaciona com seu cônjuge e a atenção diária ao relacionamento pode fazer toda diferença! Aqui estão 10 Hábitos de Casais Felizes que com o tempo se tornam um antídoto ao divorcio!
#1 Vão para a cama ao mesmo tempo – Algo comum no início do casamento, é preciso se atentar para que esta prática não se perca. Irem para a cama juntos é um símbolo forte de cumplicidade. Não importa se um de vocês dois sairá da cama mais cedo. O importante é o ato de dividirem este momento.
#2 Cultivar interesses comuns – Depois que a paixão inicial se acalma, é normal perceber que vocês tem poucos interesses em comum. Isto, porém, não minimiza a importância das atividades que você podem fazer juntos. Se os interesses comuns não estão presentes, casais felizes os desenvolvem. Ao mesmo tempo, não se esqueça de cultivar interesses próprios, isso irá torna-lo mais interessante para sua parceira.
#3 Andar de mãos dadas ou lado a lado – Caminhar lado a lado ou de mãos dadas, é criar e fortalecer vínculos. Para as mulheres é muito desconcertante quando o marido sai andando na frente ou caminha mais devagar querendo ficar para trás. Não deixe que o tempo e a rotina tirem de vocês este hábito tão comum durante o período do namoro. Casais felizes conversam, admiram a paisagem, juntos.
#4 Crie padrões de confiança e perdão – Criar estes padrões ajudará a evitar alguns incômodos ao longo do casamento. Casais felizes quando se desentendem conversam e confiam um no outro e perdoam, se for o caso, ao invés de criar um ambiente de relutância de desconfiança.
#5 Concentre-se nos pontos positivos de sua parceira – Se você começar a procurar defeitos em sua esposa, é certo que encontrará. O mesmo acontece com as qualidades. Tudo depende do que você procura! Casais felizes preferem observar e acentuar as qualidades um do outro e isso os ajuda a lidar com os defeitos.
#6 Se abraçam ao se encontrar – Nossa pele tem memória, e ela guarda o “bom toque” (amado), “mau toque” (abusado) e “sem toque” (negligenciado). O contato proporcionado por um beijo rápido não é suficiente para ativar esta “memória”. Casais que dizer “olá” com um abraço mantém sua pele impregnada pelo “bom toque”.
#7 Diga “eu te amo” e “Tenha um bom dia” todas as manhãs – Esta é uma ótima maneira de ajudar sua parceira a lidar com tranquilidade com toda a correria e stress do dia a dia, como engarrafamentos, problemas no trabalho, etc. comprar um pouco de paciência e tolerância que cada parceiro estabelece a cada dia para os engarrafamentos de batalha, longas filas e outros aborrecimentos.
#8 Dizer “Boa noite”, todas as noites, independentemente de como você se sinta – Isto diz a sua parceira que, independentemente de quão chateado você esteja com ela, você ainda quer estar na relação. Dizer boa noite, mesmo chateado, é o mesmo que dizer que a relação de vocês é maior do que qualquer incidente.
#9 Verifique como está sendo o dia dela – Dê um jeito de conversar com ela em algum momento ao longo do dia para saber como vão as coisas. Esta é uma ótima maneira para estar em sintonia e ajustar suas expectativas. Se ela estiver em um dia terrível, você estará pronto para acolhê-la quando chegar em casa.
#10 Tenha orgulho de ser visto com seu cônjuge – Casais felizes têm o prazer de serem vistos juntos e estão frequentemente em algum tipo de contato afetuoso. Quando se está seguro quanto ao que sente, o homem não tem vergonha de demonstrar seu afeto publicamente, já que isso é expressão de sua realização e felicidade.