A Palavra do Senhor nos tira da imaturidade

Deus nos deu a Sua palavra par anos alimentar e guiar no crescimento. A promessa d’Ele é que você chegue à estatura de Cristo, que suportou os sofrimentos por um propósito maior, se deu pelo outro. Jesus obedecia a vontade do Pai, não ficou paralisado e magoado pelas rejeições dos outros. Mesmo sendo rejeitado, fez o que tinha que fazer e não espero que O reconhecessem, não cobrou isso, mas se fez conhecer. E, para  ser como Jesus, basta sua decisão de segui-lo e imitar suas atitudes para poder chegar à plenitude e a maturidade.

Crescer é um processo, não vem instantaneamente , inclui dores e fracassos, requer que você aceite ser ensinado, que abra mão de velhos conceitos. Se você se identificou em alguns dos pontos que o abordei, você está se sentindo desafiado a crescer, você pode estar lendo isso e sofrendo porque sabe que crescer dói. Mas lembre-se que vale muito a pena, que o resultado é maravilhoso. É muito bom você poder olhar para trás e ver o quanto Deus te transformou,  o quanto você já avançou. Por mais que pareça seguro permanecer no mesmo lugar, você não foi feito para isso. Deus te fez para crescer, para avançar e se você está mantendo uma postura infantil isso está te atrapalhando a alcançar o projeto de Deus.

Você pode não estar percebendo isso ainda ou não quis perceber para não ter que confrontar , mas eu te desafio agora: decida crescer! Você não está sozinho, pode contar com seu Pai celestial para te instruir e te fortalecer. Deus vai te guiar e te proteger nessa caminhada. E, aí, você aceita crescer? Se sua resposta é sim, declare agora mesmo, fale com Deus que você abre mão das coisas de criança, que você aceita o desafio de viver sua vida com responsabilidade e maturidade. Declare: “cura-me, Senhor, e serei curado; salva-me, e serei salvo, pois tu és aquele a quem eu louvo.” Jeremias 17:14

 

Confiança: base do nosso relacionamento com Deus

confiancaConfiança é a base do nosso relacionamento com Deus e com as pessoas. O oposto da confiança é a Ansiedade, que nos sobrevêm quando situações difíceis nos alcançam, e tem o poder de paralisar a nossa vida. Quando não vemos saída, só conseguimos enxergar o problema.

As tempestades fazem parte da vida. Precisamos aproveitar as oportunidades que elas nos dão para exercitar nossa fé, em vez de murmurar ou nos amargurar.

A nossa confiança não deve estar firmada em homens ou numa situação financeira estável, mas sim em Deus. “Pré-ocupação” é uma ocupação antes do fato acontecer. Deus quer que aprendamos a reagir quando estivermos vivenciando a situação, e não antes.

Combater a ansiedade e adquirir confiança é um processo que vai exigir trabalho diário e mudança de foco. Isso significa buscar o Reino de Deus em primeiro lugar, combatendo a falta de confiança e a ansiedade com oração diária. Nossas necessidades e problemas devem ser apresentadas a Deus através da oração e descansar n’Ele.

O desafio de nossa vida cristã não é eliminar as situações desconfortáveis, pois nessas situações é que aprendemos a confiar n’Ele, mas aprender a lidar com elas sem ficarmos ansiosos. O mundo não funciona pela nossa força, porque está nas mãos de Deus. Confiar em Deus é o primeiro passo para o nosso milagre emocional, e a confiança é a chave que abrirá um novo momento em nossas vidas.