Faça reviravoltas em sua vida!

Deus fez a promessa a Abraão, deu Isaque, levou depois Jacó, filho de Isaque, para o Egito, e ali eles ficaram por quatrocentos anos. E os últimos anos da vida dos hebreus no Egito eles se tornaram escravos; quando o faraó que conhecia José morreu, os egípcios começaram a escravizar aquele povo numeroso, porque ele cresceram muito. E cresceram porque essa é a projessa de Deus para Abraão.

Tornaram-se numerosos. Mas eles tinham um problema: eram escravos no Egito e ficaram ali como escravos por muito tempo, até o dia que Deus pôs fim à escravidão. Deus fez o povo prevalecer e deu a eles capacidade, bens, suprimentos para que eles pudessem seguir em frente.

Então depois de todo esse tempo como escravos, eles eram desconsiderados, não eram ninguém, eram tratados como animais pelos egípcios. O Egito era a grande civilização daquela época, foi uma das maiores que já existiram no mundo, dos povos mais ricos, mais poderosos.

Mas aconteceu algo interessante: Deus tirou os escravos do Egito, Deus fez daqueles escravos uma nação, levando-as para a terra de Canaã, onde se tornaram a nação de Israel. E o que aconteceu com o poderoso Egito? Ele foi sendo destruído pouco a pouco. Os egípcios tinham um sonho: queriam ficar para a posteridade; queriam que a sua civilização prevalecesse milhares de anos depois que eles fossem embora. Os faraós sonhavam com isso. Por isso eles construíram os templos e grandes pirâmides, enquanto Israel era escravo.

De repente, aconteceu a reviravolta: um povo que era escravo, que não era nada, se torna uma grande nação. E o povo que era tudo, poderoso, rico, é esquecido. O Egito existe, mas a civilização que deu vida ao Egito não existe mais.

Deus honrou o Seu povo, Ele fez o seu povo crescer, prevalecer; isso que é o mais importante; prevalecer diante das situações difíceis; prevalecer para viver numa terra em que nós morreríamos de fome. Mas eles fazem com que, uma terra seca e sem água abundante, floresça, sendo os maiores exportadores de flores e frutas para a Europa. Deus é o Deus dos improváveis, é Ele que nos faz prevalecer, porque a Sua palavra não cai por terra.

Deus não fala só através da profecia dirigida a você. Deus fala quando o seu bispo prega. Deus fala quando o seu pastor prega. Pega essas palavras para você. Toma posse do Rhema, palavra viva de Deus, que se faz vida dentro de você. Pois, Deus não te chamou para ser escravo, ele te chamou para ser livre e próspero.

Deus te chamou para fazer reviravoltas em sua vida e para grandes milagres.  É interessante porque em 1º Samuel 2:9 diz o seguinte: “Os pés dos seus santos guardará, porém os ímpios ficarão mudos nas trevas; porque o homem não prevalecerá pela força.”

O Egito ficou mudo porque eles não serviam a Deus. Israel prevaleceu por causa da fé e porque eles instruíam os seus jovens, preparando as próximas gerações.

Não olhe para a dor, mas para as mudanças que Deus quer fazer na sua vida

Jesus Cristo fez um sacrifício para mim e para você, mas muitas vezes nós continuamos a viver presos aos pecados, hábitos, relacionamentos que não promovem crescimento e nós sabemos que quando Deus traz a libertação ao povo de Israel, Ele tinha um propósito, assim como tem um propósito para nós.

Pela minha força ou pela sua força não conseguimos ter uma família no altar, mas quando decidimos ter, o Espírito Santo habita em nós e nos capacita.

Precisamos entender que os acontecimentos em nossas vidas não são por acaso e nós recebemos em Jesus uma legalidade de uma vida de  abundância. Entretanto, uma vida cristã não é uma vida de emoção, mas sim uma vida de escolhas. Eu escolho todos os dias dizer não à minha carne, escolho todos os dias não mentir, não roubar.

Uma pessoa que não nasceu numa família cristã, que teve falta, passou por provação, que veio das drogas, do mundo, Deus a encontra e a faz crescer no deserto, porque  sabe que é faz parte de uma geração que não fica presa a sua situação atual. Quem vive de passado não consegue enxergar as promessas de Deus. Eu não vou morrer no deserto, porque quero experimentar tudo que Deus tem para mim, porque maior é o que habita em mim.

Por isso, pare de olhar para o que a dor te proporcionou, mas o que Deus quer te proporcionar e isso é renovação, mudança de mente.