Nem tudo é o que realmente parece ser

“Não vos escrevi porque não saibais a verdade; antes, porque a sabeis, e porque mentira alguma jamais procede da verdade.” (1 João 2:21)

Diz uma parábola judaica que certo dia a mentira e a verdade se encontraram. A mentira disse para a verdade:

-Bom dia, Dona Verdade.

E a verdade foi conferir se realmente era um bom dia. Olhou para o alto, não viu nuvens de de chuva, vários pássaros cantavam. Vendo que realmente era um bom dia, respondeu para a mentira:

-Bom dia, Dona Mentira.

-Está muito calor hoje, disse a Mentira.

E a verdade, vendo que a mentira falava a verdade, relaxou.

A Mentira, então, convidou a Verdade para se banhar no rio, despiu-se de suas vestes, pulou na água e disse:

-Venha Dona Verdade, a água está uma delícia.

E assim, a Verdade, sem duvidar da Mentira, tirou suas vestes e mergulhou. A mentira saiu da água e vestiu-se com as roupas da Verdade e foi embora.

A Verdade, por sua vez, recusou-se a vestir as vestes da Mentira e, por não ter do que se envergonhar, saiu nua a caminhar na rua.

Aos olhos de outras pessoas era mais fácil aceitar a Mentira vestida de Verdade, do que a Verdade nua e crua. Nada é tão parecido com a verdade do que a mentira. Cuidado!

Comprometimento é ter ações e não palavras

Comprometimento é muito mais emoção do que razão, é uma crise emocional. Nossas emoções são mais poderosas do que a razão. Enquanto a razão está dizendo uma coisa as emoções estão impulsionando para o outro lado. Emoção é impulso, é algo muito forte dentro de nós. E o coração é onde residem todas as nossas decisões.

Então, o comprometimento não começa na boca ou em palavras, mas sim no coração. Se alguém é comprometido com seu líder, seu coração e sua vida são dele. Se alguém é comprometido com Deus, sua vida é d’Ele e a pessoa vai buscar em primeiro lugar fazer a vontade de Deus. Se a pessoa está comprometida no casamento, seu coração pertence ao cônjuge e ela não tem dúvidas sobre isso e nem precisa ficar olhando para o lado para procurar alguém mais bonito ou interessante, pois todas as suas decisões, sempre. serão a favor do seu casamento. Nos momentos de dúvida, é o comprometimento que faz a diferença.

Michael Jordan, atleta multicampeão e considerado por muitos o maior jogador de basquete de todos os tempos, é um exemplo de comprometimento. Jordan sabia que é o coração que separa o bom do melhor. Certa vez lhe perguntaram qual era o segredo para ele ter se tornado uma lenda do esporte. Ele respondeu que o segredo era o coração e o comprometimento que ele carregava dentro de si. “É o que eu estou disposto a perder, pelo que eu quero alcançar. É o que eu estou disposto a abrir mão, em prol do que eu posso ganhar”, finalizou Jordan.

Jordan, também foi tido como um improvável em sua adolescência, quando foi dispensado da equipe da escola de Laney High School em Wilmington, Carolina do Norte, por sua baixa estatura. A Adidas, anos mais tarde, também achou Jordan, com seus 1,98 de altura, inapropriada para ser seu garoto propaganda por ser baixo demais para o padrão que eles almejavam.

A história mostrou que tanto a equipe da escola quanto a Adidas estavam errados sobre Michael Jordan. Ainda hoje ele é uma das figuras do esporte mais comercializadas na história.

Se você quer fazer diferença, você tem que mostrar comprometimento, mas não da boca para fora. Um exemplo de comprometimento que fica só nas palavras é o namorado que diz: ‘Meu coração é seu, minha princesa, nós já somos casados perante Deus e pelo meu amor por você. Por isso, qual é o problema nós dormimos juntos antes do casamento se eu já estou comprometido com você?” É tudo da boca para fora, são mentiras.

Comprometimento não são palavras, é coração. Pois, quando o compromisso vem do coração, a pessoa quer o melhor para a outra. Comprometimento é provado pelo coração e depois pela ação, progressivamente. É como o voto de Ana, que, primeiramente, fez o voto com Deus em seu coração, em oração. E, posteriormente, foi entregar o seu filho Samuel na casa do Senhor. O compromisso de Ana inicia no coração e termina na ação de entregar o filho ao Senhor.

Meninas, se alguém está dizendo que quer compromisso com você, não basta te chamar de minha princesa, tem que transformar isso em ação. Comprometimento é provado pelo coração e pela ação, pois a única medida real do comprometimento é a ação.

Um namoro com compromisso é aquele que tem data de noivado e casamento, e que, principalmente, os dois trabalham em prol do futuro juntos.