O que podemos aprender com Samuel, um jovem que aprendeu a conhecer a voz de Deus

Conexão significa “ligação, união, comunicação”. Samuel significa “pedido a Deus”, pois sua mãe Ana era estéril quando pedira um filho a Deus. Com uma mãe que orava, Samuel parecia destinado a ser um homem de oração durante toda a sua vida.

Todos passaram a dar ouvidos a Samuel porque:

-Samuel sabia ligar-se (conectar-se) com as pessoas; falava a linguagem delas (comunicação). Ele desafiava a casa de Israel a se arrepender e tirar todos os deuses;

– Ele foi chamado líder dos líderes, todos escutavam, porque ele sabia conectar. Todos o ouviam e obedeciam.

– Expressou compaixão pela condição delas e lhes inspirava coragem para perseguirem os objetivos delas.

Mas afinal, quem era Samuel? Um jovem, que aprendeu a conhecer a voz de Deus na sua mocidade, e andou irrepreensivelmente em toda a sua vida, a ponto de chegar a ser um pioneiro espiritual. Ele fundou a linhagem de profetas que iriam tornar-se a única voz verdadeira de Deus para a nação, na perspectiva dos séculos futuros. A maior parte da vida ele serviu tanto como sacerdote quanto juiz. Foi o último dos grandes juízes. Ele ungiu os primeiros dois reis de Israel, Saul e Davi.

Samuel viveu como jovem em tempos quando a palavra do Senhor era rara. Foi o líder mais influente da sua época porque possuía competência, caráter e ligação. Todos estes juntos geram influência. Samuel sabia conectar-se com Deus, com o próximo e consigo mesmo, e é isso que precisamos ter para obtermos o sucesso.

Como ter um namoro sarado

Mos_dadas_namoro_12062013165805O que é namoro? O Dicionário Sacconi assim o define: “é uma ligação afetiva ou amorosa entre dois seres humanos que desejam se conhecer intimamente.” O Dicionário Barsa diz: “agradar-se, encantar-se, procurar inspirar amor, galantear, apaixonar, seduzir”.
Nessas definições vemos alguns conceitos certos e outros enganosos, que traduzem o que o mundo espera e determina para o namoro. Mas, na ótica de Deus, qual é o verdadeiro significado do namoro? Destacam-se dentro dessa definição duas palavras– chaves:
a) Ligação
O namoro estabelece um vínculo entre as pessoas, pois envolve sentimentos, expectativas de suprimento, de afeto, de amor. Por isso é muito importante saber escolher a pessoa certa e a hora certa de namorar, pois você se torna vulnerável, sujeito a receber do outro coisas boas e más, assim como você também transmite. Não existe namorar por namorar sem consequência: a ligação emocional sempre terá algum efeito em você.

b) Conhecer
Esse é o verdadeiro propósito do namoro. As demais palavras utilizadas para defini-lo (seduzir, apaixonar etc.) representam os princípios seculares para o namoro, mas essas coisas apenas atrapalharão sua vida no processo de conhecer a outra pessoa. Na sedução, por exemplo, usam-se atitudes, palavras e outros recursos para transmitir algo que, em geral, não é a realidade da pessoa, mas apenas um meio utilizado para convencer o outro a entregar-se.

A paixão, por sua vez, é um “zoom” na questão da atração, do suprimento afetivo, da necessidade de intimidade. Todos os seres humanos têm uma grande necessidade de amar e de ser amado, de ter intimidade com alguém. Deus mesmo viu isso e criou a mulher para o homem:

Gênesis 2:18,24: “Não é bom que o homem esteja só…Os tornarei uma só carne…”.
Costumamos usar esses versículos para dizer: “Está vendo, Deus? Não é bom eu ser solteiro…” e temos uma ansiedade muito grande em ter alguém. Esquecemos, contudo, que antes de Deus apresentar Eva a Adão, Ele olhou para Adão, sua criação e disse: “Está muito bom”, ou seja, está completo, inteiro, perfeito!

Você só está pronto para se relacionar quando é assim, inteiro. Aliás, este é o verdadeiro significado da palavra solteiro.