Seja um líder que se baseia no amor

A nossa liderança é desafiada a viver baseada não na força, mas no amor. Você precisa se cuidar, orar, ser cheio do Espírito Santo. Vejo líderes desistindo porque não podem ser contrariados. Qual a sua reação quando isso acontece? Quando o seu líder lhe dá uma direção, se o seu ego estiver no domínio você bate de frente com ele, porque é muito mais importante mostrar que você está certo do que aceitar ser obediente à direção dele. O seu líder nem sempre estará certo, mas Deus irá lhe honrar porque você não quebrou princípios, mas obedeceu.

O que nos leva a mudar nossas atitudes? As situações da vida ou o propósito da vida? A sua vida é baseada em um propósito ou situações que afagam o seu ego? A vida de Jesus estava baseada no desafio do propósito e não no desafio do ego. Jesus sabia quem ele era, e por isso ele foi para a cruz. Quando o líder sabe quem ele é, não se importa de ceder, porque sabe que quando delega autoridade aos seus liderados não estará perdendo a sua própria. O propósito é mais importante do que o sentimento.

Jesus veio e não estabeleceu aquilo que os discípulos esperavam. Não estabeleceu um poder visível, um treino que confrontava Roma. Quando os discípulos viram que aquilo que eles esperavam de Jesus não aconteceu, eles fugiram, se esconderam, ficaram envergonhados. Eram aqueles que haviam jurado fidelidade a Jesus. Era muita vergonha. Para viver o propósito, muitas vezes você será envergonhado. Queira ser um líder. Você foi chamado para fazer a diferença, mas se não enfrentar os desafios não estará pronto. Dessa forma, apenas irá utilizar os seus dons para dominar as pessoas, mas Deus não lhe chamou para dominar e, sim, para cuidar e amar.

Para quem devemos fidelidade?

fidelidadeFidelidade é uma característica de alguém que é digno de confiança. É definida como lealdade, credibilidade, tenacidade. Significa que você cumpre aquilo que se comprometeu, é ser fiel não apenas em palavras, mas também em ações.

Devemos fidelidade principalmente a Deus, mas também às pessoas que fazem parte do nosso círculo de relacionamentos: marido, líderes espirituais, amizades, patrão, etc.

Alguns obstáculos dificultam o desenvolvimento da fidelidade em nossas vidas: a preguiça ou procrastinação (adiar o que deve ser feito), a rebeldia (endurecimento da conduta) e a inconstância ou instabilidade (viver de altos e baixos). As pessoas infiéis se tornam inconstantes e irresponsáveis.

Como posso expressar minha fidelidade? Seja perseverante em tudo que fizer, cumpra com suas obrigações em qualquer circunstância, mantenha sua palavra em tudo, honre os compromissos assumidos, cumpra com seus deveres espirituais (Deus e Igreja), empenhe-se no que faz (dedicação).

Principalmente, não negligencie o chamado de Deus em sua vida. Se você entender quem é o Deus de fidelidade e entender quem você é n’Ele, então você terá a atitude de ser como Ele é. Confie na fidelidade de Deus sobre sua vida, pois o Pai a acompanha durante todas as suas “noites” e sempre estará lhe esperando “ao amanhecer” com a Sua benção. Não desanime nunca, pois o Senhor é Fiel!