Não fuja das pessoas e dos desafios, mesmo diante da decepção

Embora nosso relacionamento com Deus seja a base de tudo, precisamos aprender a construir relacionamentos significativos. Pessoas normais se decepcionam com as pessoas; só aqueles que se escondem e não se relacionam é que não se decepcionam. Não podemos fugir das pessoas e dos desafios. Relacionamentos precisam e devem ser construídos; eles não acontecem, simplesmente.

A base para a saúde espiritual está em reconhecer que necessitamos de um relacionamento com Deus para sermos completos, e a base para a saúde emocional está em reconhecer que precisamos uns dos outros para sermos completos. O isolamento torna a pessoa egoísta e foge do propósito que Deus tem para nós.

E, se o emocional e o espiritual não estiverem fortalecidos, as doenças físicas vão surgir, pois não se pode dividir o ser humano que é uma tri-unidade: espírito, alma e corpo. Somos frágeis e imperfeitos. Pessoas nos decepcionarão e rejeitarão, mas não devemos desistir delas. As pessoas não são iguais e a beleza do relacionamento está em o outro ser diferente de nós.

Não vamos perder a esperança na humanidade, mesmo com tantas decepções. As pessoas não são boas ou más – isso depende das atitudes e escolhas que fazemos em cada situação. Como temos o Espírito Santo habitando em nós, tudo fará diferença; seremos pessoas melhores mesmo em meio ao caos que vivemos!

As pessoas mudam por causa do amor

Deus não nos criou para sermos uma ilha isolada, pois, querendo ou não, precisamos dos outros. Quem vive sozinho enlouquece. Vivemos num mundo em que as pessoas estão perdendo totalmente a noção da vida, dos relacionamentos. Se contentam com o virtual e adoecem. Para viver o amor, para sentir o amor, você tem que estar disposto a andar esse caminho, mas isso exige tempo. As pessoas perguntam: “Qual é o segredo do casamento longo?” “Abrir mão de si mesmo”. E, quando se faz isso, o amor cresce, amadurece. Ninguém muda com ódio, xingamentos, cobranças. As pessoas mudam por causa do amor.

Tornamos-nos pessoas melhores por causa do amor de Deus. Quando pensamos em amor, pensamos em Deus dando Seu único filho. Deus não cria nada para ganhar alguma coisa, mas sempre cria algo com o fim de doar, porque Ele quer compartilhar de Si mesmo. Quando Deus lhe abençoa é porque Ele está compartilhando da bondade Dele com você. Mas, se você viver baseado na ambição, se você não é uma pessoa agradecida a Deus, então não viverá no amor. Entretanto, quando vive baseado na doação, no dar de si mesmo aos outros, então viverá no amor.

Deus parou e se preocupou com você, olhou para você, se doou a você. Você não é perfeito e talvez não esteja plenamente feliz, mas, se está disposto a começar a viver tudo o que aprendeu até aqui, é porque já decidiu entrar e trilhar nesse caminho, no caminho do amor, da esperança e da fé.