Seu filho vai para igreja quando enxergar o exemplo em você

2732148-5982-recAtualmente também temos perdido a dracma da espiritualidade dentro dos nossos lares. Muitas vezes a vida religiosa de uma família tem se limitado ao casamento religioso, ou a levar o filho para ser apresentado ao Senhor, ou um domingo ao mês para levar o dízimo. Pessoas vão à igreja somente nessas datas e retornam quando as coisas apertam. Com isso, você está ensinando ao seu filho que Deus é assim, que sua espiritualidade é só para quando há necessidade. Precisamos entender que a igreja é um lugar de crescimento.

Você precisa ensinar a seus filhos, mas só conseguirá fazê-lo pelo exemplo. Não adianta querer que seus filhos façam diferente do que você faz, pois isso não vai acontecer. Os filhos repetem, reproduzem, o que veem.

Se sua família só tem frequentado o culto aos domingos e não há nenhum momento de oração em sua casa, está na hora de você ligar o sinal de alerta, pois já pode estar perdendo-a para o mundo e ainda nem percebeu.

Isso é uma regra de ouro: quando os pais colocarem seus filhos para dormir, devem orar por eles; isso é ser família. O marido tem de escolher um horário para orar junto com a esposa – ou quando chegam em casa ou quando se levantam pela manhã. São valores preciosos que perdemos e que precisamos resgatar. Você precisa trazer Deus para dentro da sua casa, e não apenas levar sua família para dentro da igreja.

A visão que nossa igreja tem de célula (grupos pequenos de oração) é fantástica por essa causa; você consegue levar a presença de Deus para o seu lar. Por isso, se você não consegue liderar, procure alguém que possa liderar uma célula em sua casa. Abra esse espaço, leve a presença de Deus para dentro dela. Restaure a comunhão com Deus em seu lar, e você e sua casa serão muito abençoados.

Entenda que o que fortalece a você e a sua família é a presença de Deus em sua casa. Procure ser uma pessoa que decide que “eu e minha casa serviremos ao Senhor” e não abra mão disso. Nenhuma fatalidade pode tirar o altar de Deus da sua casa, e é essa atitude que faz toda a diferença.

Mantenha viva a dracma do compromisso dentro da sua família!

sand_houseNossa sociedade está confusa e desequilibrada; não existe mais compromisso. As pessoas fazem promessas e não cumprem. Se quisermos famílias restauradas, precisamos aprender a respeitar e a cumprir as promessas feitas.

Muitas vezes fazemos alguma promessa apenas para que nossos cônjuges ou filhos nos deixem em paz, mas quando você faz uma promessa, mesmo que seu filho não lhe cobre, aquilo ficou no coração dele e vai afastando-o de você. Um compromisso precisa ser honrado. Compromisso é algo muito sério.

Integridade significa ser inteiro, significa que eu tenho transparência em minha vida. Ser íntegro não significa ser perfeito, não significa não ter falhas, mas que eu tenho de fazer o melhor que puder. A integridade não depende das circunstâncias. Se você edifica os seus relacionamentos em cima de uma falha de caráter, saiba que isso, em algum momento, irá ruir; não há futuro nisso.

No Brasil pratica-se muito a famosa “Lei de Gérson” que é o costume de tirar vantagem de tudo. Mas uma hora isso será cobrado das pessoas. Temos de tirar esse “câncer” do meio da nossa igreja, em nossa família, das pessoas do nosso convívio. Temos de exterminar isso e prezar pela integridade. Nós, como cristãos, temos aceitado as falhas de caráter, e isso é muito triste. A integridade deve ser respeitada.

Quando há traição há uma ruptura no relacionamento; entenda que isso não é algo banal, que você abriu uma brecha em seu casamento. Isso é muito sério, pois destrói, traz maldição para o casamento e para seus filhos. Integridade no casamento significa poder suportar as pressões e não abrir mão de princípios, e isso é válido para todos os nossos relacionamentos.

Mateus 7:26 diz que “todo aquele que ouve essas palavras e não as pratica é comparado a um homem insensato, que edifica sua casa sobre a areia”. Quando edificamos nossa família em cima da falta de compromisso, da mentira, do engano, estamos construindo em cima da areia.

Sua família é um lugar de aliança, de compromisso. Por mais difícil que seja seu casamento, entenda que é o seu lugar de compromisso e busque no Senhor a ajuda necessária, mas não abra mão da aliança.