Confiança é decorrente de responsabilidade correspondida

Ser responsável é ter consciência de seus atos e responder por eles, pois esses são praticados voluntariamente, através das suas escolhas. Responsabilidade é, portanto, responder com habilidade às tarefas que lhe são confiadas. Quando falamos de vida plena, a responsabilidade, além de implicar em responder pelos nossos próprios atos, significa também corresponder às expectativas de outras pessoas, seja elas da família, da igreja ou do trabalho.

O texto de Mateus 5:14-29 mostra uma responsabilidade sendo delegada visando um fim específico. O senhor chamou os seus servos e, avaliando suas capacidades, confiou talentos a eles, que pode serem interpretados como tarefas delegadas. Seu objetivo era expor o nível de responsabilidade que os seus servos tinham para com ele. Pois ele precisava saber em quem poderia confiar.

Confiança é decorrente de responsabilidade correspondida. Você só pode ter a confiança do seu cônjuge, namorado(a), pais, líder ou chefe se demonstra ser responsável em tais relacionamentos. Se você marca um encontro com uma pessoa e se atrasa; se você fala para o seu líder que ele pode contar com você, mas quando ele precisa de você nunca está disponível; se você está com a mesa cheia de trabalho e fica pendurado ao telefone cuidando de outras coisas; se você nunca pode ajudar seus familiares mesmo em pequenas coisas, além de irresponsabilidade, você demonstra também ser uma pessoa incompetente. O servo que não multiplicou seu talento foi considerado inútil devido à sua atitude irresponsável.

Como aquele senhor avaliou o nível de responsabilidade de seus servos? Foram avaliados os seguintes pontos:

  • Suas escolhas – eles tiveram que ponderar e escolher onde seria melhor investir o talento dado pelo seu senhor;
  • Suas atitudes – eles tiveram que “sair para negociar”, ou seja, não ficaram parados. Foram em busca de relacionamentos que pudessem lhes dar um retorno satisfatório;
  • Seus resultados – eles tiveram que prestar contas do talento que lhes foi confiado.

Verifique agora suas últimas escolhas, atitudes e resultados e veja se elas espelham o caráter de uma pessoa responsável.

Não tenha medo, confie no Senhor!

medoNós vivemos em um mundo onde, mesmo dentro da igreja, há muitas pessoas atormentadas. Mas você tem a Graça de Deus. Tormentos são pensamentos negativos fixos. Era o que Jó estava vivendo continuamente; ele só via desgraça. O que você você quando fecha os olhos? O que você vê quando ora? Como você tem se colocado diante de Deus? Ele quer lhe livrar de todos os seus tormentos. Tormento de que sua vida irá repetir a história dos seus pais, as maldições de sua família. Mas Deus tem uma nova história para você.

O medo se manifesta em forma de tormentos e atua em todas as área da vida. Ele impede a nossa liderança,a nossa frutificação, a nossa restituição. O medo influencia em nossa saúde física, emocional e espiritual. O medo atrai espíritos malignos e nos impede de sermos pessoas saudáveis. Não podemos viver com medo, pois Deus tem o melhor para nós nessa terra.

O medo impede a sua liderança. As pessoas pensam que, se forem líderes, se tiverem igrejas, células, o diabo irá lhes atacas. O diabo só destrói a sua vida se você der legalidade a ele, porque a Bíblia diz que o leão devorador, que simboliza o inimigo, anda ao nosso derredor, procurando brechas. Se você quer ser líder de sucesso, vença o medo das pessoas, vença o medo das críticas. Nem todos gostarão de você, mas qual o problema? Ser líder significa que você segue uma palavra, segue uma missão e está protegido por essa missão.

O medo influencia até em suas finanças. Você não aceita os desafios financeiros, pois acha que irá falir. Não dará dízimos porque “a situação apertou”, e vai apertar ainda mais no próximo até um ponto no qual a sua vida financeira acaba.

O medo é autorização para falhar. A fé é autorização para prosperar. A fé gera crescimento e multiplicação. A primeira fase da vida de Jó foi baseada no medo que trouxe perdas. A segunda fase da sua vida mudou completamente, pois foi a fase da sua restituição. Então, você pode continuar tendo medo ou pode rejeitá-lo e viver uma vida baseada na fé.