Comprometimento é ter ações e não palavras

Comprometimento é muito mais emoção do que razão, é uma crise emocional. Nossas emoções são mais poderosas do que a razão. Enquanto a razão está dizendo uma coisa as emoções estão impulsionando para o outro lado. Emoção é impulso, é algo muito forte dentro de nós. E o coração é onde residem todas as nossas decisões.

Então, o comprometimento não começa na boca ou em palavras, mas sim no coração. Se alguém é comprometido com seu líder, seu coração e sua vida são dele. Se alguém é comprometido com Deus, sua vida é d’Ele e a pessoa vai buscar em primeiro lugar fazer a vontade de Deus. Se a pessoa está comprometida no casamento, seu coração pertence ao cônjuge e ela não tem dúvidas sobre isso e nem precisa ficar olhando para o lado para procurar alguém mais bonito ou interessante, pois todas as suas decisões, sempre. serão a favor do seu casamento. Nos momentos de dúvida, é o comprometimento que faz a diferença.

Michael Jordan, atleta multicampeão e considerado por muitos o maior jogador de basquete de todos os tempos, é um exemplo de comprometimento. Jordan sabia que é o coração que separa o bom do melhor. Certa vez lhe perguntaram qual era o segredo para ele ter se tornado uma lenda do esporte. Ele respondeu que o segredo era o coração e o comprometimento que ele carregava dentro de si. “É o que eu estou disposto a perder, pelo que eu quero alcançar. É o que eu estou disposto a abrir mão, em prol do que eu posso ganhar”, finalizou Jordan.

Jordan, também foi tido como um improvável em sua adolescência, quando foi dispensado da equipe da escola de Laney High School em Wilmington, Carolina do Norte, por sua baixa estatura. A Adidas, anos mais tarde, também achou Jordan, com seus 1,98 de altura, inapropriada para ser seu garoto propaganda por ser baixo demais para o padrão que eles almejavam.

A história mostrou que tanto a equipe da escola quanto a Adidas estavam errados sobre Michael Jordan. Ainda hoje ele é uma das figuras do esporte mais comercializadas na história.

Se você quer fazer diferença, você tem que mostrar comprometimento, mas não da boca para fora. Um exemplo de comprometimento que fica só nas palavras é o namorado que diz: ‘Meu coração é seu, minha princesa, nós já somos casados perante Deus e pelo meu amor por você. Por isso, qual é o problema nós dormimos juntos antes do casamento se eu já estou comprometido com você?” É tudo da boca para fora, são mentiras.

Comprometimento não são palavras, é coração. Pois, quando o compromisso vem do coração, a pessoa quer o melhor para a outra. Comprometimento é provado pelo coração e depois pela ação, progressivamente. É como o voto de Ana, que, primeiramente, fez o voto com Deus em seu coração, em oração. E, posteriormente, foi entregar o seu filho Samuel na casa do Senhor. O compromisso de Ana inicia no coração e termina na ação de entregar o filho ao Senhor.

Meninas, se alguém está dizendo que quer compromisso com você, não basta te chamar de minha princesa, tem que transformar isso em ação. Comprometimento é provado pelo coração e pela ação, pois a única medida real do comprometimento é a ação.

Um namoro com compromisso é aquele que tem data de noivado e casamento, e que, principalmente, os dois trabalham em prol do futuro juntos.

Mantenha viva a dracma do compromisso dentro da sua família!

sand_houseNossa sociedade está confusa e desequilibrada; não existe mais compromisso. As pessoas fazem promessas e não cumprem. Se quisermos famílias restauradas, precisamos aprender a respeitar e a cumprir as promessas feitas.

Muitas vezes fazemos alguma promessa apenas para que nossos cônjuges ou filhos nos deixem em paz, mas quando você faz uma promessa, mesmo que seu filho não lhe cobre, aquilo ficou no coração dele e vai afastando-o de você. Um compromisso precisa ser honrado. Compromisso é algo muito sério.

Integridade significa ser inteiro, significa que eu tenho transparência em minha vida. Ser íntegro não significa ser perfeito, não significa não ter falhas, mas que eu tenho de fazer o melhor que puder. A integridade não depende das circunstâncias. Se você edifica os seus relacionamentos em cima de uma falha de caráter, saiba que isso, em algum momento, irá ruir; não há futuro nisso.

No Brasil pratica-se muito a famosa “Lei de Gérson” que é o costume de tirar vantagem de tudo. Mas uma hora isso será cobrado das pessoas. Temos de tirar esse “câncer” do meio da nossa igreja, em nossa família, das pessoas do nosso convívio. Temos de exterminar isso e prezar pela integridade. Nós, como cristãos, temos aceitado as falhas de caráter, e isso é muito triste. A integridade deve ser respeitada.

Quando há traição há uma ruptura no relacionamento; entenda que isso não é algo banal, que você abriu uma brecha em seu casamento. Isso é muito sério, pois destrói, traz maldição para o casamento e para seus filhos. Integridade no casamento significa poder suportar as pressões e não abrir mão de princípios, e isso é válido para todos os nossos relacionamentos.

Mateus 7:26 diz que “todo aquele que ouve essas palavras e não as pratica é comparado a um homem insensato, que edifica sua casa sobre a areia”. Quando edificamos nossa família em cima da falta de compromisso, da mentira, do engano, estamos construindo em cima da areia.

Sua família é um lugar de aliança, de compromisso. Por mais difícil que seja seu casamento, entenda que é o seu lugar de compromisso e busque no Senhor a ajuda necessária, mas não abra mão da aliança.