A vida cristã é uma constante luta!

A vida cristã é uma constante luta, uma luta entre o bem e o mal, entre a fé e a incredulidade. Na vida, temos que lutar tanto do ponto de vista material quando do espiritual, e não conseguimos conquistas sem lutas. Por trás dos homens mais bem sucedidos do mundo existe muita luta e trabalho; nada vem fácil, nada vem de graça. Portanto, para viver bem e vencer, temos que aprender a lutar.

Paulo diz: “eu sei como lutar, eu não perco os meus golpes, eu não dou golpes no ar”. Quando você dá golpes no ar você está desperdiçando energia e tempo, está se desviando do seu foco, está batendo no nada. Se você luta errado, é como se estivesse de olhos vendados: dá vários golpes, mas não consegue saber onde e se acertou. Para lutar, você deve saber onde bater. Não perca seus golpes, eles são preciosos para Deus. Quando você bate no ponto certo, não precisa usar a força.

Mas, antes de lutar contra as forças do mal, você precisa lutar contra si mesmo, golpear sua própria natureza pecaminosa. Se você não estiver qualificado, resolvido interiormente, não terá autoridade para lutar contra o mundo espiritual.

Paulo fala sobre a “concupiscência da carne”, que significa a paixão, o desejo ‘adâmico’, pecaminoso. Esmurrar a carne é rejeitar essa força que sempre o leva a fazer o que não quer. Você já foi crucificado, a carne ou o velho homem já foi morto quando você passou pelo batismo nas águas. Você saiu das águas para reinar em Cristo e para governar sobre si mesmo.

Se você não crucificar sua carne, não der golpes certos, irá perder as coisas mais preciosas que Deus lhe deu nessa vida. Muitos perdem oportunidades na vida por não saberem colocar suas compulsões na cruz de Cristo.

Não desfira golpes no ar, aprenda a golpear aquilo que lhe escraviza, que busca tirar sua grandeza e sua excelência. A vida passa uma vez só. Por isso, golpeie nos lugares certos. Lute com sabedoria, para que a sua natureza não domine a sua vida!

A ação só acontece pelas determinações que você faz na sua vida!

Durante os dias 3, 4, 5 e 6 de janeiro, aconteceu a Celebração Profética 2019, com o tema o Ano da Determinação Profética. O evento ocorreu no Campus Arena, em Brasília e dentro os preletores, contou com a ministração da Bispa Lúcia Rodovalho, que ensinou sobre posição, poder e autoridade. “A posição pode ser dada por alguém. O poder pode ser dado pela posição, mas autoridade ninguém pode te dar. Posição e poder podem ser dadas pelos outros, mas autoridade é resultado das suas ações e das tuas decisões. Posição nos dá status e poder, mas é a ação que nos traz resultados. A ação só acontece pelas determinações que você faz na sua vida”.

Ainda em suas Palavras, Bispa Lúcia afirmou que todo líder deve sempre se sentir pequeno. “A grandeza de Deus na sua vida é pra glorificar o nome d’Ele, não é pra você achar que isso é seu. Deus coloca você em uma posição, mas você só terá autoridade se tiver humildade no seu coração. Como líder você também precisa entender o poder da parceria, ninguém faz nada sozinho”.