O plano de Deus não é que as mulheres levem a responsabilidade sozinha

Em 2015, o IBGE revelou que em 40,5% dos lares as mulheres eram a pessoa de referência. Em mais de 30,6% elas eram chefe da família. Nesses lares, toda responsabilidade financeira, emocional e espiritual estão nos ombros das mulheres! Família é uma parceria, onde marido e mulher dividem as responsabilidades. Mas, infelizmente, muitas famílias não vivem essa bênção.  O plano de Deus não é que as mulheres levem essa responsabilidade sozinha.

Toda essa responsabilidade tem cobrado seu preço e tem afetado a saúde física e emocional das mulheres. Nos anos 50, para cada 100 óbitos masculinos de ataques masculinos de ataques cardíacos ocorria 10 em mulheres. Na década de 90 eram 17 a cada 100, hoje foi para 50. O maior medo das mulheres é o câncer de mama no entanto ele mata 3 vezes menos do que o ataque cardíaco. E os médicos afirmam que nosso maior inimigo no século XXI são os problemas cardiovasculares. Não é por acaso o aumento de ataque cardíaco entre as mulheres. Isso é grave! Isso nos mostra o quanto a mulher atual está estressada, sobrecarregada e como ela tem lidado com toda essa pressão

O número de mulheres alcoólatras têm aumentado também drasticamente, o suicídio, sem falar nos problemas emocionais, depressão, ansiedade, compulsões, etc. Há uma pressão muito grande sobre a mulher atual e a maneira que ela lida com isso afeta sua saúde, família, enfim todas as áreas da vida.  A vida moderna exige rapidez e uma preocupação em fazer tudo ao mesmo tempo. A obsessão pelo sucesso, a busca pela gratificação imediata e a ansiedade com o futuro acabam por empobrecer a vida e os relacionamentos. Pare! Mulher, entenda que a vida é um privilégio, é um presente maravilhoso que Deus nos deu, mas também, é tão curta e passa tão rápida que é uma lástima passarmos por ela sem sermos felizes. Você não precisa ser perfeita. Seja capaz de dizer não, falar da suas emoções, da suas angústias. Não carregue o mundo nas costas porque isso vai sobrecarregar você. Busque o equilíbrio, se cuide e entenda que você não pode fazer e ser tudo para todo mundo. Busque a sua felicidade e não deixe que ninguém roube ela de você. Faça seus exames, tenha momentos só seu, se cuide.

 

 

Você é uma pessoa ansiosa?

Recentemente foram divulgados dados de uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que revelam números preocupantes e apontam que 23% da população brasileira tem algum tipo de transtorno de ansiedade. A pesquisa mostra ainda que os brasileiros são os que mais sofrem de ansiedade no mundo.

Diante destes números precisamos fazer uma reflexão e parar para pensar sobre o que vem acontecendo dentro dos nossos lares, nos nossos círculos de amigos, família, igreja. Pode ser que a ansiedade na sua própria vida seja um hábito que passa despercebido, e você não se ache alguém ansioso, pare para pensar nos pequenos detalhes do seu dia a dia e reconheça o que está acontecendo.

Se você faz parte do time que se preocupa antecipadamente com os problemas e situações que ainda nem bateram à sua porta, chega a ficar sem ar e tem até mesmo palpitações,  é preciso acalmar o seu interior, e perceber que quando temos a paz de Deus como árbitro em nosso coração passamos a ter a visão de Deus a respeito das situações. Diante de ameaças não ficamos ansiosas, mas enxergamos oportunidades.

Combater a ansiedade é um processo que vai exigir trabalho diário e mudança de foco. No evangelho de Mateus está escrito: “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6:33) A rainha Ester viveu uma situação onde precisou vencer a ansiedade, pois estava sob ameaça de ter todo o seu povo destruído. Ester teria que se apresentar diante do rei para defender o seu povo e nem sabia se ele a receberia. Mas Ester agiu, apresentando-se ao rei, colocando em risco a própria vida.

Assim como Ester, vivemos nossas vidas sem saber o que está acontecendo no oculto. Mas Aquele que vê todas as coisas conhece aqueles que intentam mal contra Seus filhos e os livra. Ester venceu no seu interior a ansiedade e com isso livrou seu povo da morte. A ansiedade é resultado de preocupar-se em demasia, só que se preocupar com as coisas erradas. Precisamos mudar nossos hábitos de pensamento e podemos fazer isso meditando na Palavra de Deus. Quando lemos a Bíblia, descobrimos que o mundo não funciona graças a nossa força, mas porque tudo está nas mãos de Deus. Aprendemos que devemos fazer aquilo que cabe a nós, que são próprias do homem, e deixar as coisas de Deus para Ele.

Precisamos buscar o Reino de Deus em primeiro lugar, apresentar nossas necessidades diante de Deus em oração, meditar na Palavra de Deus, e ainda aprender a descansar Nele. Descansar em Deus é também um exercício diário, que muitos ainda não são capazes de fazer, mas confiar N’Ele é o primeiro passo para o nosso milagre emocional e a confiança é a chave que abrirá um novo momento em nossas vidas.