É preciso celebrar a vida e todas as suas conquistas

fiesta.sorpresa-novioA ausência de celebração é algo que temos perdido ao longo do tempo. Às vezes pedimos a Deus que algo aconteça, e quando recebemos o milagre o esquecemos e banalizamos, até porque só valorizamos as coisas quando não as temos. Enquanto você ainda não tem, enquanto ainda não alcançou aquilo pelo qual está orando, aquilo se torna a coisa mais importante da sua vida.

Não temos mais conseguido celebrar as vitórias. Dentro da psicologia isso tem sido um tema muito recorrente. Fico impressionada com a Bíblia, pois o que os maiores psicólogos e pensadores discutiram e marcaram como grandes descobrimentos nós já encontramos escrito na Bíblia. Deus é um Deus de celebração. Tudo na Bíblia tem celebração, e temos de reconhecer que os rituais que Deus e as famílias estabelecem são importantíssimos.

Existem alguns rituais que precisamos lembrar. Por exemplo, o ritual do casamento ou do nascimento de uma criança. Muita gente está perdendo esses valores. Quantas vezes você é convidado para o casamento de um familiar e nem liga explicando sua ausência? Se isso tem acontecido com você, está na hora de mudar.

Perdemos também a tradição do ritual de passagem da adolescência para a juventude. Ás vezes fazemos a festa de 15 anos para as meninas, mas o menino não tem nada que marque essa data, e isso é importante. Precisamos ter esses momentos, quando os pais liberam uma palavra de bênção para eles.

A apresentação de crianças que fazemos na igreja não é apenas uma apresentação a Deus, mas também para a própria igreja. Naquele momento a criança internaliza que está sendo recebida em uma igreja. Tudo isso são rituais. Mas, muitas vezes, achamos que é bobagem porque a criança não entende. Ela não entende, mas sente, percebe. Ela tem uma capacidade de percepção do ambiente. Ela sabe quando está sendo amada, recebida e, também, quando está sendo rejeitada. São pequenas coisas que depois fazem toda a diferença quando adultos.

Rituais como esses contribuem para a estabilização da estrutura cultural e para o fortalecimento da família, que é o núcleo da sociedade, e isso precisa ser transmitido de geração em geração. É muito importante que você faça refeições com seu cônjuge, assim como que estabeleça um dia só para a esposa, para que os filhos saibam que seus pais têm o momento deles. Nós esquecemos isso, com nossos dias atarefados, vamos levando, cumprindo nossas obrigações e torcendo para que dê tudo certo. Precisamos descobrir os rituais perdidos.

A perda desses rituais faz com que o lixo vá se acumulando e percamos esses momentos gostosos de convivência e de celebração. Mas alguns rituais têm criado crises nos relacionamentos. Às vezes , um dos cônjuges quer que o casal vá almoçar na casa dos seus pais todos os domingos, mas se esquece que tem também a casa dos sogros. Esse é o tipo de coisa que tem de ser acordado entre o casal. O problema não é o ritual em si, mas a falta de diálogo no relacionamento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *