Deixa Deus podar você

FOTO05_POMAR_podas-500x340A dificuldade de mudar de fase, de entender o processo de Deus, existe porque não gostamos de mudanças, das transições, porque para crescer, frutificar, para que seu casamento seja melhor, seu relacionamento com seu filho melhore, você vai precisar do que está lá em João 15:1 e 2, quando Jesus disse: “Eu sou a videira verdadeira e meu pai é o agricultor, todo ramo que estando em mim não dá fruto ele corta, e todo que dá fruto ele poda”. E ninguém gosta de ser podado, porque não é um processo simples. 

Pelo dicionário a palavra PODAR significa: reduzir a extensão ou o alcance de alguma coisa pela supressão das partes indesejáveis ou das partes que são supérfluas. Ou seja, para você viver a plenitude do tempo de Deus, para viver as bênçãos de Deus na sua vida, você precisa deixar Deus tirar o que está sobrando, aquilo que é demais, tirar aquilo que é obra da carne, aquilo que traz destruição na sua vida, sentimentos errados. Você precisa deixar Deus podar suas atitudes erradas.

Pessoas que têm problemas com ira, Deus precisa podar isso em suas vidas porque a ira pode destruí-las, destruir o relacionamento familiar, destruir a própria vida e, infelizmente, nós vemos cristãos cheios do Espírito Santo mas que dão ocasião à ira em suas vidas, dão ocasião à carne porque não se deixam ser podados, não deixam as experiências da vida podá-los; qualquer coisa difícil que enfrentam em suas vidas fogem, não aceitam, não enfrentam.

Sabe qual é a maravilha disso que está em João 15? Que aquele que produz frutos Ele poda para que dê mais frutos. Uma roseira, por exemplo, se ela dá muita rosa e em um determinado momento ela fica sobrecarregada, se o jardineiro não podá-la na estação certa as flores que eram para ser bênçãos vão virar um problema, porque vão quebrá-la ou ela necessitará de tanta substância que vai matá-la. E Deus não quer isso para você, Deus quer que você continue frutificando na sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *