Corte os excessos da sua vida

fazer-escolhasA vida está em empunhar, muitas vezes, a espada. Pedro fracassou com Jesus, mas depois se tornou um dos apóstolos mais influentes porque deixou que a espada cortasse seus excessos. 

Nós aceitamos Jesus como nosso Salvador pessoal, mas não estamos dispostos a fazer cortes em nossas vidas. Isso é relativamente normal devido à tendência humana de permanecer nas situações conhecidas e deixá-las como estão para esperar o tempo resolver os dilemas. O tempo cura o tipo de dor que sentimos quando alguém querido parte para a eternidade, mas não quando é indispensável abrir mão de algo em nossas vidas. 

O grão, ao cair na terra, resseca, se abre, e dele nasce algo novo. “Se o grão de trigo não morrer, ele fica só”. O sentido de morrer aqui é cortar os excessos. Existem pessoas que não estão dispostas a morrer. Elas querem servir a Deus, mas querem viver segundo as normas deste mundo. Elas querem servir a Deus, mas querem viver segundo as normas deste mundo. Elas querem ter o melhor dos dois mundo. Todavia, não é possível viver assim constantemente e, chega uma hora em que têm de tomar uma decisão. Se não estivermos dispostos a abrir mão das coisas que são excessos em nossas vidas, vamos ficar limitados, solitários e não vamos crescer como pessoas. 

O que precisamos cortar ou desfazer em nossas vidas, que está nos atrapalhando, nos tirando o foco, nos impedindo de manter nossas escolhas? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *