Aprenda com os fracassos da vida

Normalmente, as pessoas não gastam tempo suficiente para observar e estudar seus fracassos, e isso é uma lástima, pois os fracassos são uma verdadeira faculdade do sucesso.

A grande questão é que as pessoas não lidam muito bem com o fracasso por causa do medo, pois o fracasso gera julgamentos negativos contra pessoa, e ela não está preparada para isso.

Um líder não pode ter medo de errar ou de se mover. Esse medo de se arriscar é que impede o crescimento da liderança. O líder que deixa as circunstâncias tomar decisões por si mesmo já abriu mão de sua posição.

Demorei muitos anos para entender e aceitar que errar é uma escola. Desde a infância, nossos pais nos treinaram para não errar. Mas todo ser humano falha e não existe liderança sem erro. O medo do fracasso é real, mas ele não pode bloquear sua vida e impedir sua tomada de decisões. Todo sucesso é precedido por fracassos. O fracasso torna-se uma escola somente quando é utilizado como aprendizado.

Especialistas dizem que se você não passar por fracassos, você será uma pessoa totalmente dependente. Tanto que hoje, em entrevista de emprego ou de liderança, eles querem saber dos fracassos e como a pessoa reagiu a eles. Pois dessa forma eles conseguem descobrir qual é o limite daquela pessoa.

Napoleão Hill (1883-1970), assessor de dois presidentes dos Estados Unidos, escritor influente na área de realização pessoal, disse que: “Quando a derrota chegar, aceite como sinal de que seus planos não são suficientemente sólidos”.

Os fracos se tornam fortes

O arco dos fortes foi quebrado, e os que tropeçavam foram cingidos de força. Os fartos se alugaram por pão, e cessaram os famintos; até a estéril deu à luz sete filhos, e a que tinha muitos filhos enfraqueceu. O Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela. O Senhor empobrece e enriquece; abaixa e também exalta. Levanta o pobre do pó, e desde o monturo exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para o fazer herdar o trono de glória; porque do Senhor são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo. Os pés dos seus santos guardará, porém os ímpios ficarão mudos nas trevas; porque o homem não prevalecerá pela força. 1 Samuel 2: 4 a 9

Deus tem liberado a Sua Palavra e Seus anjos para trabalharem junto conosco, porém existe uma guerra invisível acontecendo para impedir que a igreja prevaleça. Mas o que inimigo não sabe é que nós não prevalecemos pela nossa força, mas por causa do Senhor.

Você prevalece não pela sua força. Não é somente a sua inteligência ou a capacidade de trabalho que vai te fazer prosperar, mas é a unção de Deus na sua vida que não lhe deixa desistir, e abre as portas à sua frente.Se nós formos olhar para nós mesmos, olhar para a nossa família, empresa, igreja ou simplesmente para o natural, veremos que é muito difícil alcançar aquilo que nós temos recebido como promessa. Mas quando nós olhamos para Deus e aprendemos a depender de Deus, tudo começa a mudar.

Se nós, como Sara Nossa Terra, prevalecemos nesses anos de ministério, a chave é a dependência de Deus; é porque nós aprendemos muito cedo que o homem não prevalece pela esperteza, ou tirando, roubando o que é dos outros.

O texto de Samuel é o cântico de Ana, e é um dos textos, mais fortes da Bíblia, porque ele fala de uma reviravolta. Um texto que mostra a vitória dos improváveis, do fraco sobre o forte.

Muitos de nós não tínhamos um lugar de honra dentro das nossas famílias, não tínhamos apoio, não tínhamos uma palavra de que seríamos vitoriosos, bem-sucedidos. Muitos viemos de famílias em que um ou dois filhos eram preferidos e os outros eram deixados de lado. E sabe o que Deus faz? Deus muda a sua sorte, Ele muda a sua história. O que prevalece é aquele que experimenta uma reviravolta na sua vida; é o improvável.

O improvável é o débil, o fraco, o menor na sua casa, é aquele que toma o lugar do forte. O improvável é aquele que não se estabelece por seus dons, mas por sua dedicação, amor e paciência. É aquela pessoa que nada contra a corrente.