A omissão já é uma decisão

Você já se perguntou por que Adão permaneceu em silêncio quando deveria ter falado? Ou onde ele estava quando a serpente conversava e confundia a mente de sua esposa? Ele poderia ter chegado e acabado com aquela conversa, pois recebera autoridade dada por Deus sobre os animais e, assim, poderia ter feito a serpente se calar. Mas Adão nada fez! Ficou em silêncio. Ele estava por perto, viu Eva estender a mão e tomar o fruto proibido. Por que ele não interferiu, impedindo-a de quebrar o mandamento que Deus lhes ordenara? Ele ficou passivo, não fez nada.

Desde Adão, os homens têm a tendência de permanecer calados quando deveriam falar. Eles pressupõem que todos saibam o que fazer em toda e qualquer situação. E, portanto, quando as circunstâncias se tornam confusas ou saem do controle, eles se afastam e se retraem. Mas isso é um mito, pois ninguém sabe como resolver problemas o tempo todo.

Deus deu ao homem um poder imenso de conquista, inteligência, estratégia e visão e, portanto, eles não podem permanecer em silêncio. Ser homem significa ter atitude e não necessariamente estar sempre certo. Significa enfrentar os conflitos, e não fugir deles.

Infelizmente, o homem moderno continua calado em sua casa, com sua esposa e filhos; no trabalho, nos relacionamentos e nas amizades. Porém, a omissão já é uma decisão. Quando ele não age, resta-lhe reagir, porém, Deus não o criou para reagir, mas para interagir. E o diabo, seu adversário, tira proveito dessa sua omissão.

Entretanto, aquilo que lhe foi tirado no Jardim pode ser recuperado. Deus quer que você, homem, recupere sua voz de comando, de ação, de autoridade. Sua voz traz mudança. Sua palavra é vida e cria realidades.

Seja um homem que cumpre seu propósito. O projeto de Deus em sua vida deve ser bem-sucedido e não abortado. Os homens que vivem no propósito de Deus não são mais gentis, mais bondosos, mais atenciosos e mais honestos do que os homens em geral. Acredito que, se eles se tornarem homens de verdade, o mundo será transformado.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *